As ruínas da olaria localizam-se na Estação Ecológica da UFMG, no Campus da Pampulha. Para o desenvolvimento das propostas, além dos registros de desenho e foto, os participantes do Laboratório realizaram pesquisa histórica sobre o orfanato Lar dos Meninos Dom Orione, ali situado entre os anos 40 e 70, que administrava a Olaria tirando dela o seu sustento. As intervenções foram inspiradas nessa pesquisa e nas possibilidades que o espaço, arquitetônico e natural, apresentava. Os trabalhos incluíram também todo o material acumulado lá pela própria Universidade, que durante anos usou esse espaço como depósito.

Ruínas da Olaria | Campus da UFMG | junho, 2004