RUPTURA

O que seria uma ruptura? Quais condições a provocam? Como é sentida? Talvez pudéssemos defini-la como o lapso fecundo de tempo em que ocorre uma quebra, uma fissura, uma transformação. Momento em que a sensibilidade fica mais aguçada podendo promover como uma conseqüência natural, a criação. O romper do óvulo para a penetração do espermatozóide é criação. A transformação de uma crisálida em borboleta é criação. Romper com os nossos mestres emocionais para dar forma a nossa própria personalidade, também.

 

 

 

Clique aqui para ler o texto completo